JOLUSI FM RÁDIO WEB

A rádio web JOLUSI FM também está nesse endereço agora com áudio e video. Clique no "PLAY para acompanhar a programação.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Caetano Veloso e Gilberto Gil evitam polêmica durante show em Israel


Fonte: G1 (São Paulo)
Informações: Da EFE
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)


Caetano Veloso e Gilberto Gil tocam em Tel-Aviv, em Israel
(Foto: Ariel Schalit/AP)

Eles tocaram nesta terça-feira e não comentaram 'briga' com Roger Waters.Em apoio à Palestina, ex-Pink Floyd queria apresentação cancelada.

Caetano Veloso e Gilberto Gil tocaram nesta terça-feira (27) em Tel-Aviv para 8 mil pessoas, em sua maioria da comunidade latina e brasileira de Israel, em uma apresentação na qual quase não se dirigiram aos presentes e que esteve cercada de polêmica.

Os dois artistas foram recebidos pelo público israelense com calorosos aplausos e apresentaram músicas que levantaram o Estádio Menorah Arena.

Os dois cantaram, riram, se divertiram e dançaram diante dos espectadores, mas não fizeram praticamente nenhum comentário. Também pediram aos presentes que cantassem alguns trechos de suas canções.



Foto: Reprodução TV

Assim como aconteceu com outros artistas, o movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções) tinha pedido aos dois que cancelassem sua apresentação em Israel, por considerar que isso representaria um apoio à ocupação, mas Gil e Caetano decidiram manter a agenda.
"Não se pode misturar a música com coisas de política. Não viemos aqui por uma situação política, mas para ouvir sua música. Acredito que eles vieram com grande personalidade dizendo: 'Nos perdoem, mas temos um público aqui que quer nos ver", disse à agência EFE Ahava Ayel, uma admiradora colombiano-israelense da dupla.

Seu companheiro, o judeu brasileiro residente em Israel, Yuri Lindenbaum, garantiu que para ele "é muito emocionante poder relembrar a música brasileira aqui em Tel Aviv e ver Gilberto Gil e Caetano Veloso. Estou muito feliz e muito emocionado".

Os dois artistas visitaram no domingo (26), ao lado de ativistas israelenses, o povoado palestino de Susya, na Área C da Cisjordânia, que está sob controle militar e administrativo israelense e vive com ameaças de remoção iminentes.

"Decidimos não cancelar o show porque preferimos falar, dialogar e também porque queríamos aprender mais. Estive em Israel várias vezes e sempre amei este lugar. Mas sei que a situação é difícil e dura", disse Caetano em entrevista coletiva ontem, durante um encontro com artistas israelenses.

"Ontem fui a Susya e voltei querendo dizer: é preciso parar a ocupação, é preciso parar a segregação", disse Caetano, que acrescentou: "Quase chorei quando fomos a Susya porque o que ouvi de um ex-soldado [israelense] e de um palestino que vive ao sul de Hebron é duro demais".

Caetano declarou que "a situação é difícil demais", mas assinalou que ele é "apenas um visitante" que veio para cantar.

Seus comentários, no entanto, deram o que falar e lhe renderam muitas mensagens de reprovação nas redes sociais.

Gilberto Gil e Caetano Veloso também se encontraram ontem com o ex-presidente israelense Shimon Peres, que os recebeu no centro que leva seu nome e onde se reuniram com um grupo de crianças judias e palestinas para expressar seu apoio ao diálogo e a tolerância.



Caetano Veloso e Gilberto Gil visitam território palestino durante turnê para show em Tel-Aviv (Foto: Reprodução / Facebook)

"Não consideramos, nem por um momento, cancelar nosso show em Israel. Nós amamos Israel e estamos contentes de nos apresentar em um lugar onde há esperança de paz", declarou Caetano, segundo um comunicado do Centro Peres da Paz.
Os pedidos de boicote ao show se intensificaram no mês de maio, quando um dos fundadores do Pink Floyd, Roger Waters, e o cardeal sul-africano Desmon Tutu, destacaram sua admiração pelo trabalho de Caetano e Gil e seu "histórico compromisso com a luta pela justiça, a liberdade e a igualdade".

Os dois lhes lembraram que "o mês de julho marcará um ano do aniversário dos ataques israelenses contra Gaza durante o qual Israel matou mais de 2 mil palestinos, incluindo 500 crianças", em alusão à última ofensiva militar em Gaza.

"Mais de 100 mil pessoas permanecem sem lar devido a estes ataques", dizia a carta do BDS que foi divulgada pelas redes sociais.

O movimento BDS nasceu na sociedade civil palestina em 2005 como um apelo ao boicote até que Israel "cumpra a lei internacional e os direitos palestinos" e se estendeu nos últimos anos até conseguir o desvio de fundos de consórcios israelenses relacionados com a ocupação ou o boicote a acadêmicos israelenses.




sábado, 25 de julho de 2015

Gravação do show do 'rei' em Jerusalém sai em blu-ray com imagens em 3d


Texto: Mauro Ferreira
Fonte: clubedorei.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)


Três anos após a edição do CD e DVD Roberto Carlos em Jerusalém, postos nas lojas em 2012 pela gravadora Sony Music, a edição em blu-ray do show em Israel chega ao mercado fonográfico neste mês de julho de 2015 pela mesma Sony Music.

A novidade é que o show feito pelo cantor capixaba na Terra Santa, em 7 de setembro de 2011, vai poder ser visto em imagens tridimensionais, captadas pelas câmeras de alta definição da produtora Brash 3D.

Ao longo dos 20 números do roteiro poliglota, Roberto canta em português, italiano, inglês, espanhol e até em hebraico, idioma do número Jerusalém toda de ouro / Yerushalayim shel Zarav (Naomi Shemer e Salomão Schvartzman).

Nos extras, o blu-ray exibe imagens da peregrinação do Rei pela cidade sagrada. Roberto visita locais históricos como a Basílica do Santo Sepulcro, o Jardim das Oliveiras, o Sítio Arqueológico Ha'Ofel, o Muro das Lamentações e o Monastério de São Jorge. Para os súditos.


BLU-RAY

01. Emoções (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1981)
02. Além do Horizonte (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1974)
03. Que Será de Ti? / Como Vai Você? (Antônio Marcos e Mário Marcos, 1972) - em espanhol
04. Como É Grande o Meu Amor por Você (Roberto Carlos, 1967)
05. Detalhes (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1971) - em português, espanhol, italiano e inglês

06. Outra Vez (Isolda, 1977)
07. Eu Sei que Vou te Amar (Tom Jobim e Vinicius de Moraes, 1959) / Soneto da Fidelidade (Vinicius de Moraes, 1954)
08. Mulher Pequena / Mujer Pequena (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1992) - em espanhol
09. Pensamentos (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1982)
10. Ave Maria (Franz Schubert, 1825) - em italiano
11. Lady Laura (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1978)
12. Olha (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1975)
13. Unforgettable (Irving Gordon, 1951) - em inglês
14. Eu Quero Apenas (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1974)
15. O Portão (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1974)
16. Caruso (Lucio Dalla, 1986) - em italiano
17. Jerusalém de Ouro / Yerushalaim Shel Zarav (Naomi Shemer) - em hebraico
18. A Montanha (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1972)
19. É Preciso Saber Viver (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1974)
20. Jesus Cristo (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1970)

Matéria enviada gentilmente por Guta

Naomi Campbell se junta a Lady Gaga em 'American Horror Story'


Fonte: G1 (São Paulo)
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)

Naomi Campbell no baile do Metropolitan Museum, em Nova York. (Foto: AP)

Modelo vai interpretar editora de moda que paga preço alto por críticas.Série de TV de horror e suspense muda de elenco a cada temporada.

A série "American Horror Story: Hotel" terá a modelo Naomi Campbell, além de Lady Gaga.

De acordo com o site TV Line, Naomi vai interpretar uma editora de moda que vai pagar um preço muito alto por suas críticas.

A modelo já foi vista atuando recentemente no seriado "Empire".


Foto: Reprodução

Esta será a primeira vez que Lady Gaga vai interpretar um papel em uma grande produção.
Até agora, seus créditos se limitavam a vídeos musicais e curtas aparições em filmes como "Men in Black 3" e "Sin City 2".

Superpremiada, "American Horror Story" é uma série de TV de horror e suspense, que a cada temporada inicia uma nova história com um novo elenco, embora mantenha Jessica Lange no papel principal da trama.



sexta-feira, 24 de julho de 2015

Ex-engenheiro de som de Michael Jackson diz ter 20 inéditas do astro


Fonte: G1 (São Paulo)
Informações: France Presse
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Michael Jackson. Foto: The Guardian/Reprodução

Michael Durham Prince trabalhou com o rei do pop de 1995 até sua morte.
Sony prevê o lançamento de sete novos álbuns dele em dez anos.

Um ex-engenheiro de som do cantor Michael Jackson, Michael Durham Prince, assegurou nesta quinta-feira (23) possuir em seu computador até "vinte inéditas" do astro do pop falecido em junho de 2009, "todas inacabadas", em uma entrevista ao jornal francês "Le Parisien".

Dois álbuns póstumos de Michael Jackson já foram lançados: "Michael" em 2010 e "Xscape" em 2014. Poucos meses depois da morte do "rei do pop", a gravadora Sony e seus herdeiros assinaram um acordo de um valor recorde, avaliado na época em mais de US$ 200 milhões pelo Wall Street Journal.

Este acordo prevê o lançamento de sete novos álbuns em dez anos, misturando reedições e inéditas. Até o momento, "não há nada planejado" sobre um possível novo disco póstumo, indicou Sony à AFP.


O cantor Michael Jackson (Foto: Divulgação)

O ex-engenheiro de som disse não ter "nem o direito de escrever os nomes dessas canções inéditas, nem de fazê-las ouvir neste momento".

Michael Durham Prince trabalhou com o astro de 1995 até sua morte.

"Eu acredito que haverá mais álbuns, mas por agora, estamos trabalhando na ideia de revelar novas canções a cada seis meses. É trabalhoso. Michael não cantou o refrão em demos, então temos que encontrar alguém para cantar. Será, inevitavelmente, duetos", afirmou ele, acrescentando que "é a família, seus herdeiros, sua gravadora que vão decidir".

Michael Jackson morreu em 25 de junho de 2009 aos 50 anos de uma overdose de propofol, um anestésico administrado por seu médico para ajudá-lo a tratar sua insônia, enquanto preparava uma série de shows em Londres.



quarta-feira, 22 de julho de 2015

Jerry Adriani canta seus grandes sucessos no Teatro Sesc, em Salvador


Fonte: Ibahia
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)



JERRY ADRIANI
TEATRO SESC

Data e Horário:Sexta, 24 de julho, 21:00

Local
Teatro Sesc - 
Edifício Casa do Comércio - Pituba
Av. Tancredo Neves




Telefone:
71 3273-8543

Preço:
R$ 40,00 (Meia)
R$ 80,00 (Inteira)

Mais informações

Neste show imperdível, sobretudo para os amantes da época de ouro da Jovem Guarda, o cantor fará uma releitura de sucessos que se tornaram clássicos de sua carreira e acabaram entrando no repertório de outros grandes ícones da nossa música.

Na seleção de canções, escolhidas a dedo por Jerry, não deve faltar clássicos como 'Um Grande Amor', 'Doce, Doce Amor', 'Querida' e 'Indiferença'.


terça-feira, 21 de julho de 2015

Blake Shelton e Miranda Lambert anunciam divórcio


Fonte: G1 (São Paulo)
Informações: Reuters
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Blake Shelton e Miranda Lambert chegam para premiação do Grammy em Los Angeles(Foto: REUTERS/Mario Anzuoni)

Cantores de música country se separam após quatro anos de casamento.Casal pediu 'privacidade e compaixão sobre esta questão muito pessoal'.

Os cantores de música country Blake Shelton e Miranda Lambert disseram nesta segunda-feira (20) que se divorciaram depois de quatro anos de casamento.
Shelton, jurado do popular programa de TV "The Voice", e Lambert fizeram o anúncio depois de anos de fofocas em revistas de celebridades que o casamento estava em dificuldade.
"Este não é o futuro que imaginamos", disse o casal em comunicado divulgado por meio dos seus representantes. "E é com o coração pesado que nós seguiremos separadamente. Somos pessoas reais, com vidas reais, com famílias reais, amigos e colegas. Portanto, pedimos privacidade e compaixão sobre esta questão muito pessoal."

Os dois não disseram quando o processo de divórcio ocorreu.




Shelton, de 39 anos, viu sua carreira ganhar notoriedade durante seus quatro anos no "The Voice", e ele apresentou o Academy of Country Music Awards por quatro anos.

Lambert, de 31 anos, é uma das mais bem-sucedidas artistas da música country, e ganhou o Academy of Country Music Awards de melhor vocalista feminina do ano e álbum do ano pelo seu trabalho de 2014 chamado "Platinum".

O casal começou a namorar cerca de nove anos atrás, e os dois cantaram juntos e escreveram canções um para o outro em vários álbuns antes de se casaram em maio de 2011.



Miley Cyrus vai apresentar VMA 2015


Fonte: G1 (São Paulo)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Miley Cyrus anuncia que será anfitriã do VMA 2015
(Foto: Divulgação/Twitter da cantora)

Ela será anfitriã da premiação da MTV, que acontece no dia 30 de agosto.
Em 2013, ela causou polêmica no evento em dança sexy com Robin Thicke.



Miley Cyrus disse nesta segunda-feira (20) no Twitter que vai apresentar o Video Music Awards, da MTV, em 2015. A premiação acontece no dia 30 de agosto nos EUA.

Miley participou de um dos momentos mais comentados da história do VMA. Em 2013, sua dança sensual com Robin Thicke causou polêmica e ajudou a popularizar o termo "twerk".

"A MTV não deixou que eu me apresentasse, então eu vou ser anfitriã do VMA 2015", brincou Miley em seu perfil no Twitter.


Robin Thicke e Miley Cyrus se apresentam no VMA 2013
(Foto: Rick Diamond/Getty Images for MTV/AFP )



Polêmica

Em 2013, Miley disse que não pensa nos comentários negativos da performance.
"Quantas vezes já vimos isso acontecer na música pop? Madonna fez isso. Britney fez.
Em toda apresentação de VMA, existe uma busca que você faz; você está querendo fazer história", explicou.



segunda-feira, 20 de julho de 2015

Roberto Carlos faz Show com o filho Dudu Braga Em São Paulo


Texto: Thaís Sant'annado - Ego
Fonte: clubedorei.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)



Roberto Carlos e seu filho Dudu Braga fizeram um dueto na noite desta quinta-feira, 16, em São Paulo durante a inauguração do primeiro empreendimento da Emoções Incorporadora, empresa de Roberto, o condomínio Torre Residencial do Edifício JK. Além disso, Dudu também se apresentou com sua banda, RC Na Veia.

Em conversa com o EGO, Roberto falou que em breve pretende morar no edifício. "Eu tenho dois apartamento aqui, daqui um tempo vou mudar para cá", disse ele, que participou de todo o projeto: "Com certeza, influenciei nas cores. Embora a minha opinião de como arquiteto é uma opinião muito artística, não é na realidade uma opinião de um arquiteto."

Foto Divulgação



O cantor ainda falou sobre a a liberação de se fazer biografias não autorizadas, decidida pelo Superior Tribunal Federal no início de junho. "Não fiquei chateado, na verdade, está tudo muito bem, eu já não estava mais lutando contra as biografias não autorizadas, eu só queria que se mantivesse os artigos 20 e 21, o direito da gente reclamar de alguma coisa que não seja verdade", declarou.


Foto Divulgação

Matéria enviada gentilmente por Guta

Heather Mills diz que ensina música à filha: 'Paul McCartney não lê partitura'


Fonte: G1 (São Paulo)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Ex-mulher do Beatle afirmou que deu aula de saxofone à filha dos dois.A jornal, ela contou que Beatrice, 11, odeia fama e não quer ser pop star.

Heather Mills em 24 de janeiro de 2015
(Foto: Felix Hoerhager/DPA)
Ex-mulher de Paul McCartney, Heather Mills afirmou na sexta-feira (17) em entrevista ao jornal britânico "The Guardian" que é ela a responsável pela educação musical da filha, já que o Beatle não sabe ler partitura.

Heather, que era esquiadora e atualmente trabalha como ativista ambiental, foi casada com Paul McCartney entre 2002 e 2008.
Juntos, eles tiveram uma única filha, Beatrice, 11. "Beatrice diz que 99% dela vem de mim", afirmou a ex-mulher de Paul ao "Guardian".

"Eu não sei isso é uma coisa boa.
Acho que ela herdou o melhor de ambos, nós somos muito musicais.

Ensinei a ela saxofone, porque o pai dela não sabe ler partitura, então eu dou todo o ensinamento musical, e sou boa com linguagens. Ela é uma poeta brilhante, então obviamente herdou isso dele, mas eu acho que ela tem o melhor de ambos."

Ainda de acordo com Heather, Beatrice "odeia a fama e toda essa coisa de ficar sob os holofotes".
"Ela quer ser bióloga marinha, não uma pop star."




quarta-feira, 15 de julho de 2015

Cantora Litieh lança CD em show em homenagem a Dominguinhos no DF


Fonte: G1 (DF)
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Cantora Litieh lança primeiro CD no próximo sábado, no Clube do Choro de Brasília.(Foto: Du Lopes)

Apresentação acontece no Clube do Choro neste sábado, às 21h.Álbum traz 12 músicas e inclui 'Lamento sertanejo', de Dominguinhos.

A cantora Litieh lança neste sábado (18) o primeiro CD da carreira durante show da série do Clube do Choro de Brasília em homenagem a Dominguinhos.
A artista sobe ao palco no Eixo Monumental às 21h, e os ingressos R$ 10 (meia).

Aos 27 anos, a cantora radicada na capital federal há cinco anos apresenta repertório com composições do álbum "Catiré", que traz 12 músicas, sendo 7 de autoria da artista.
Entre as músicas está "Lamento sertanejo", parceria de Dominguinhos com Gilberto Gil.


 Foto: Du Lopes/Divulgação. 

O trabalho começou a ser produzido no ano passado. "Felipe [Viegas, produtor e diretor musical] e eu discutíamos as músicas e vários arranjos iam sendo feitos pelo grupo, durante duas semanas intensas de ensaios, antes da gravação, em fevereiro de 2015”, diz a cantora.

As experiências da vida da Litieh são a principal fonte de inspiração das canções. A faixa-título é o nome de um índio pataxó que ela conheceu em viagem ao sul da Bahia. "Sebastiana" leva o nome da avó da artista e traz memórias de vida no interior.

Como influências, ela cita Clube da Esquina, Tom Jobim, Elis Regina e Gilberto Gil. Entre os músicos que participam do álbum estão o baterista Renato Galvão, que divide a direção musical do trabalho, o violonista Cairo Vitor, o pianista Misael Silvestre, o baixista Lucas Rodrigues e o percussionista Léo Barbosa.


 Foto: Du Lopes/Divulgação.

MC Vilãozin, de 6 anos, canta 'funk consciente' após anúncio de inquérito


Fonte: G1 (São Paulo)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Clipe de 'Bate a bunda' mostra MC Vilãozin, de 6 anos, cantando ao lado de duas dançarinas. (Foto: Divulgação / RP Produtora)

Ele está entre os funkeiros mirins investigados pelo MP por conteúdo erótico.Agora, ele faz 'funk consciente' que critica lança-perfume: 'Acaba com a vida'.

MC Vilãozin, de 6 anos, divulgou o trecho de um "funk consciente" em sua página no Facebook.

A nova música, em que ele critica o uso do lança-perfume, foi anunciada depois da notícia de que o Ministério Público incluiu Vilãozin em um inquérito sobre músicas de crianças com "forte conteúdo erótico e de apelos sexuais".

"Ela dança junto com as amigas, Ela dança e hipnotiza. Ela encanta com a boca rosinha. Não usa lança, porque estraga com a vida", canta o MC Vilãozin na nova música. "Tá chegando uma consciente pesada [para] quem gosta", diz o texto que acompanha o vídeo.

Wellington Silva, pai de Rhyan Pietro, nome real de MC Vilãozin, disse ao G1 que ainda não recebeu nenhuma notificação sobre o inquérito.

MC Vilãozin, de São Paulo, lançou em maio o clipe de "Tapa na bunda", que mostra o cantor ao lado de duas dançarinas. Ele canta versos como "senta com a pepeca" e "dá tapa na bunda dela".
O vídeo, publicado no canal da RP Produtora, foi visto mais de 60 mil vezes.

No canal da RP Produtora também há um vídeo do cantor de 6 anos cantando a mesma música em um show no Jardim Helena, Zona Leste de São Paulo.


MC Vilãozin canta 'funk consciente'. (Foto: Reprodução / Facebook)

Inquérito

O Ministério Público de São Paulo abriu o inquérito no dia 23 de abril de 2015.

Entre os funkeiros que têm material investigado estão MC Melody, MCs Princesa e Plebeia, MC 2K, Mc Bin Laden, Mc Brinquedo e Mc Pikachu.

De acordo com uma das representações do inquérito, sobre MC Melody, de 8 anos, ela "canta músicas obscenas, com alto teor sexual e faz poses extremamente sensuais, bem como trabalha como vocalista musical em carreira solo, dirigida por seu genitor".
O pai da cantora disse ao G1 que ela vai mudar seu estilo, sem sensualizar.



terça-feira, 14 de julho de 2015

Cantor Roberto Carlos realiza Show Histórico para 20 mil pessoas, em abertura Extraoficial da Expocrato 2015


Texto: Elizângela Santos/Diário Cariri
Fonte: Clube do Rei.com.br
Fotos: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)



Um show histórico que mobilizou uma multidão de 20 mil pessoas de diversas partes do Brasil. O cantor Roberto Carlos abriu extraoficialmente a Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados do Crato (ExpoCrato), na noite de sábado (dia 11). "Só deixo o meu Cariri, no último pau de arara", foi a frase sua de saudação inicial, após abrir o show com a música "Emoções".

A apresentação do cantor iniciou às 20h30, pontualmente, mas por volta das 18 horas ele já estava no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante. A ExpoCrato será aberta oficialmente pelo Governador do Estado, Camilo Santana, a partir das 18 horas deste domingo.

O público começou a chegar ao local do show logo que os portões foram abertos, às 17 horas de ontem. Em cerca de uma hora e meia de show, Roberto Carlos cantou e encantou o público com grandes sucessos de sua carreira. Deu sua grande prova de cativar o público que atravessa gerações, e reconheceu o outro rei, o do baião, Luiz Gonzaga, com palavras carinhosas ao cantor nordestino já falecido. Além disso, agradeceu por estar na cidade e até mexeu com os corações cratenses ao falar das reservas naturais da cidade, a exemplo do Balneário da Nascente.

A esperança de muitas pessoas que conseguiram ficar numa das áreas mais privilegiadas do show era pegar uma das rosas que o cantor entrega ritualmente, ao final de cada show. E não faltou quem tentasse chegar lá. 

Muitos até conseguiram. Uma das fãs do cantor, Lúcia Castro, da cidade do Crato, decidiu fazer um rosário com medalha contendo fotos dos pais de Roberto Carlos, Robertino e Lady Laura. "Fico imensamente feliz e recompensada se conseguir entregar esse presente a ele", disse. Após ficar curada de um aneurisma, com uma cirurgia delicada, o presente dado a um homem de fé, segundo ela, além de ser o seu ídolo, seria uma grande recompensa. No início da apresentação, atirou o rosário ao palco e saiu feliz da vida para assistir ao show.

Uma família inteira em homenagem a Roberto Carlos, de Juazeiro do Norte. Isso mesmo. Emoções, o José Pereira Neto, sua esposa Lady Laura, e os filhos Roberto e Carlos não poderiam deixar de fazer parte do show, logo nas primeiras cadeiras. Segundo ele, a maior emoção que teve foi poder participar, no ano passado, de um cruzeiro com o cantor. Pôde pegar a rosa ofertada por ele e guardá-la como lembrança. Ele faz parte do fã clube Emoções, com sede ao lado da sua casa, no bairro Tiradentes, com 150 pessoas, também em Juazeiro. Mas a sua paixão pelo cantor começou ainda na infância, em Campos Sales, sua cidade natal.

"Esse evento é um marco não apenas para a Região, mas para a cidade, porque vivenciamos a lenda viva, que é Roberto Carlos", diz o fã Adriano Tales Valdevino de Sousa, de Petrolina, no Pernambuco. Ele veio ao Cariri unicamente para participar do show. Já são quase 30 encontros com o cantor, além de um álbum com mais de 60 fotos ao lado do rei e vídeo em que mostra um encontro seu com o ídolo. Para ele, é sempre uma emoção à parte estar em cada um desses momentos. "Sou suspeito para falar o que ele representa. Ele passou por mudanças, décadas, atitudes e está aqui até hoje cantando o amor, para uma multidão", afirma. Desde os 9 anos como fã do cantor, hoje é uma referência e até chegou a participar do Globo Repórter dando o seu depoimento, nas comemorações dos 50 anos de carreira de Roberto Carlos.




A festa contou com uma superestrutura, que teve o direcionamento da própria produção de RC. Pela primeira vez, no parque, não houve a venda de bebidas alcoólicas durante um evento de grande porte.

Segundo os organizadores, uma das exigências a serem cumpridas.
A área que daria para 35 mil pessoas, comportou 20 mil tranquilamente, incluindo 5 mil cadeiras, à frete, e na pista mais 15 mil. Várias autoridades do Estado estiveram presentes, incluindo o governador do Estado, Camilo Santana, e a primeira-dama, Onélia Leite, que ficaram nos camarotes, onde se encontravam diversos parlamentares, a vice-governadora, Izolda Cela, que ocupou a primeira fila, ao lado do seu marido, o prefeito de Sobral, Veveu Arruda, e o coronel Adauto Bezerra.

Notícia enviada gentilmente por Fernando Sales,

domingo, 12 de julho de 2015

Michel Teló pede desculpas por 'blackface': 'Grande mal-entendido'


Fonte: G1 (São Paulo)
Fotos: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

'Sou contra todo e qualquer tipo de preconceito', escreveu cantor.Foto em que aparece com metade da cara pintada causou polêmica.

Após pintar o rosto com tinta preta, com uma prática conhecida como "blackface", Michel Teló pediu desculpas nesta sexta-feira.

A prática teatral do século 19, considerada racista, acontecia quando atores brancos se coloriam com carvão para representar personagens negros no palco.

Teló postou e apagou a foto após críticas de seguidores do Instagram.




"Gostaria de me desculpar pelo ocorrido com a foto postada ontem em meu Instagram", escreveu Teló. "Foi um infeliz mal entendido. A ideia, a causa e a intenção eu mantenho aqui, por que foram de coração. Sou contra todo e qualquer tipo de preconceito, seja racial, sexual, social e religioso.

Sempre demonstrei meu carinho e meu respeito às pessoas e suas escolhas. No anseio de me expressar contra o racismo, um assunto infelizmente ainda tão presente nas nossas vidas, acabei me envolvendo em uma corrente do Instagram, fazendo uma foto que, prá mim, era sinônimo de igualdade.

Acredito que alguns conheçam o “black face”, mas acredito também que a maioria, assim como eu, não tinha conhecimento. Enfim, gostaria de deixar registrado meu pedido de desculpas a todos por esse grande mal-entendido.




DIGA NÃO AO PRECONCEITO.
DIGA SIM A IGUALDADE.
DIGA SIM A PAZ.
DIGA SIM AO AMOR"

Na foto postada, ele escreveu um discurso contra preconceitos:
"Contra todo e qualquer tipo de preconceito.
Linda iniciativa do meu amigo Charles, tamo junto, companheiro!
Convido meus companheiros Belutti, Fernando e minha gatinha Taís Fersoza a entrarem nessa corrente do bem comigo.
Por um mundo mais igual".




Mariano, da dupla com Munhoz, também apagou a foto de seu Instagram e, em seguida, postou um pedido de desculpas. "Peço desculpas se ofendi alguém no post anterior com a campanha contra o racismo, não sabia desse tal de #BlackFace, postei com a melhor intenção possível assim como a campanha foi criada, perdão mais uma vez! #XôPreconceito"



sábado, 11 de julho de 2015

Festival reúne bandas independentes na Casa do Cantador, no DF


Fonte:  G1 (DF)
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Fachada da Casa do Cantador, em Ceilândia, no Distrito Federal
(Foto: Luciana Amaral/G1)

'O som nosso de todo dia' traz shows gratuitos de seis bandas da capital.Evento começa às 15h e tem apoio de coletivo de artistas de Ceilândia.

A Casa do Cantador, em Ceilândia, no Distrito Federal, recebe neste domingo (12) a primeira edição do festival "O som nosso de todo dia", com shows de seis bandas independentes da capital.
O evento tem entrada franca e acontece a partir das 15h00.

O festival tem como foco a apresentação de músicos que ainda não são conhecidos do grande público.

As atrações são as bandas Parafernália, Plus Ultra, Distintos Filhos, Protofonia, DNP e Vintage Vantage

O festival conta com apoio do coletivo de artistas ceilandenses Clube do
Som.

Festival "Som nosso de todo dia
Local: Casa do Cantador - Ceilândia, Distrito Federal
Data: domingo (12)
Horário: 15h
Entrada gratuita
Classificação indicativa: livre


Fachada da Casa do Cantador, em Ceilândia, no Distrito Federal
(Foto: Luciana Amaral/G1)

Programação:

16h00 - Protofonia
17h00 - Parafernália
18h00 - Distintos Filhos
19h00 - DNP
20h00 - Plus Ultra
21h00 - Vintage Vantage



sexta-feira, 10 de julho de 2015

Show contra pobreza terá Beyoncé, Pearl Jam e Coldplay em Nova York


Fonte: G1 (São Paulo)
Informações: France Presse
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Beyonce em performance na música 'Drunk In Love' no Grammy
(Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

Global Citizen Festival terá transmissão mundial no dia 26 de setembro.
Apresentação coincide com a Assembleia Geral da ONU.


Beyoncé e Pearl Jam liderarão o show Global Citizen Festival em Nova York que, pela primeira vez, será transmitido para o mundo inteiro no dia 26 de setembro, em apoio à luta contra a pobreza.
Entre os demais participantes figuram o grupo Coldplay e o cantor britânico Ed Sheeran. O evento ocorrerá no Central Park e será gratuito para os presentes comprometidos com a erradicação da pobreza.

Este show anual, iniciado em 2012, coincide com a Assembleia Geral da ONU e será realizado um dia após a apresentação dos novos objetivos para combater a pobreza.
Estes "objetivos de desenvolvimento sustentável" devem substituir os do Milênio, que buscavam a diminuição da pobreza no mundo, mas cujos resultados são díspares.

O festival deste ano "é particularmente gratificante já que vamos nos concentrar e usar nossos talentos em apenas um objetivo: colocar fim à pobreza extrema no mundo", declarou Beyoncé em um comunicado publicado nesta quinta-feira.

O festival, que foi transmitido nos Estados Unidos pela rede MSNBC, poderá ser visto desta vez em todo o mundo ao vivo pelo YouTube.
Beyoncé surpreendeu no ano passado ao aparecer neste festival junto ao seu marido, o rapper Jay Z.

Outro convidado inesperado, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, prometeu durante o Global Citizen Festival melhorar a coleta de lixo em seu país.


Foto: Divulgação

"Os riscos são muito maiores este ano. Nos focamos nos novos objetivos para que não sejam apenas uma enumeração de desejos, mas objetivos plenamente financiados", explicou à AFP o diretor do projeto da ONU contra a pobreza, Hugh Evans.

Malala Yousafzai, a jovem paquistanesa prêmio Nobel da Paz, convocou na terça-feira em Oslo os dirigentes do mundo a financiar 12 anos de escolaridade gratuita para todas as crianças do mundo, um valor que equivale a oito dias de gastos militares.

Segundo a ONU, os Objetivos do Milênio estabelecidos para 15 anos permitiram o progresso, já que 836 milhões de pessoas vivem atualmente na extrema pobreza, contra 1,9 bilhão em 1990.
Mas a ONU ressalta que persistem problemas como a ausência de educação para milhares de crianças, as desigualdades de gênero e a escassez de água, que atinge 40% da população mundial.