JOLUSI FM RÁDIO WEB

A rádio web JOLUSI FM também está nesse endereço agora com áudio e video. Clique no "PLAY para acompanhar a programação.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Soilwork lança em março primeiro trabalho ao vivo da carreira


Texto: Eduardo Guimarães. Fonte: Território da Música 
Foto: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)



“Live in the Heart of Helsinki”, este é o nome dado ao primeiro trabalho ao vivo da banda Soilwork que será lançado em DVD e Blu-ray. Além da edição em vídeo, “Live in the Heart of Helsinki” também estará disponível em CD duplo contando com 23 faixas.

O material que compõe esse novo trabalho ao vivo foi registrado durante uma apresentação da banda realizada em 21 de março do ano passado no palco do Circus Club, na capital finlandesa, e contou com dois convidados especiais: Floor Jansen, do Nightwish e Revamp, e Nathan J. Biggs, do Sonic Syndicate.

“‘Live in the Heart of Helsinki’ é como um testemunho de nossa carreira e as cenas ao vivo são intercaladas com flashes do passado, incluindo colagens de memorabilia do Soilwork”, comentou o vocalista Björn Strid.

“Para a capa, nós queríamos capturar aquele sentimento melancólico de inverno que os suecos e os finlandeses têm em comum, não só emocionalmente, mas também culturalmente. Estava apropriadamente frio durante a noite e Mircea fez um ótimo trabalho recriando aquele sentimento misterioso, mágico”, declarou o vocalista, se referindo ao criador da arte gráfica, Mircea Gabriel Eftemie.

Strid continua: “Por último e não menos importante, não se esqueça de ler as anotações. Elas contam a história de onde viemos e onde estamos atualmente. Isso vai ajudar a entender por que levou tanto tempo para finalmente lançarmos um disco ao vivo”.

Confira abaixo o repertório de “Live in the Heart of Helsinki”:

01. This Momentary Bliss
02. Like the Average Stalker
03. Overload
04. Weapon of Vanity
05. Spectrum of Eternity
06. Follow the Hollow
07. Parasite Blues
08. Distortion Sleep
09. Bastard Chain
10. Let This River Flow (feat. Floor Jansen)
11. Long Live the Misanthrope
12. Tongue
13. Nerve
14. The Chainheart Machine
15. The Living Infinite I
16. Rise Above the Sentiment
17. Late for the Kill, Early for the Slaughter
18. Rejection Role
19. Black Star Deceiver (feat. Nathan J. Biggs)
20. As the Sleeper Awakes
21. Sadistic Lullabye
22. As We Speak
23. Stabbing the Drama

Bônus do DVD/Blu-ray:
01. Spectrum of Eternity: A Brief History of Soilwork
02. Behind the Scenes of the Living Infinite
Drumcam Videos:
01. Long Live the Misanthrope
02. Rise Above the Sentiment
03. Spectrum of Eternity
04. Tongue




quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Roberto Carlos se defende e diz que sempre teve respeito por Tim Maia




Texto: Felipe Branco Cruz (Do UOL, em São Paulo) 
Fotos: Google
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação itinerante






Após cena polêmica do filme "Tim Maia", na qual esnoba o "Síndico" nos bastidores de um show, Roberto Carlos se defendeu afirmando que sempre teve o maior respeito pelo cantor. A cena foi excluída pela Globo na versão adaptada para a TV.

"Tem muita coisa que eu só fiquei sabendo que aconteceu depois de ver o filme, porque, na verdade, muita coisa eu não vi acontecer. Aquele negócio de jogar o dinheiro, eu nunca soube disso. Aquilo, para mim, foi uma absoluta novidade porque eu nunca soube que tivesse acontecido", disse o cantor, em entrevista ao "Programa Amaury Jr.", na madrugada desta quarta-feira (28), na Rede TV!.

"Eu sempre tive o maior respeito pelo Tim [Maia]. E não teria admitido que ninguém fizesse aquilo com ele", acrescentou o "Rei", em seguida.

Na cena, as notas são amassadas e jogadas rispidamente no chão. Antes disso, Tim ainda é recebido com desdém, ganhando botas usadas das mãos de Roberto Carlos. Toda essa passagem do filme foi limada pela Globo, que preferiu mostrar um depoimento do próprio Roberto, contratado da emissora, elogiando o amigo e exaltando como ele, o Rei, foi importante para o sucesso de Tim.

O corte feito pela Globo na versão adaptada para a TV gerou revolta em redes sociais. Fãs que viram o filme e depois assistiram à série reclamaram muito da forma como foi abordada, na TV, a conturbada amizade entre Roberto Carlos e Tim Maia, que conviveram durante a juventude, na Tijuca.

Ainda durante a entrevista, o cantor fala sobre a autobiografia que está produzindo. "Estou escrevendo a minha biografia, sim, e tenho certeza de que ninguém irá escrever a minha história melhor do que eu. Porque ninguém sabe melhor da minha vida do que eu".

"Na verdade, não estou escrevendo. Eu estou gravando. Já gravei a minha história até a jovem guarda.
Não estou me poupando nem me protegendo", completou.

**********





Música mais tocada no Brasil, "Parabéns a Você" é cantada errado



Texto: Felipe Branco Cruz (Do UOL, em São Paulo)
Fotos: Google
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação itinerante do Blog MUSIBOL


Bertha Celeste Homem de Mello, compositora de "Parabéns a Você"

No barzinho, o cantor interrompe o show para puxar um animado "Parabéns a Você", a pedido do grupo de fregueses que foi beber cerveja para celebrar o aniversário de um amigo. Cada vez que isso é registrado pelo Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), a herdeira de Bertha Celeste Homem de Mello, morta em 1999, aos 97 anos, recebe os direitos autorais.

Em 2014, não foi diferente.
A tradicional canção foi a obra mais executada em estabelecimentos com música ao vivo, de acordo com dados do órgão.
No entanto, Bertha nunca ficou feliz com a forma que os brasileiros cantam os versos da música. "Minha avó ficava brava quando cantavam a música errado. É 'parabéns a você' e não 'pra você' e 'muita felicidade' e não 'muitas felicidades'", explica Eliana. "Minha avó dizia que a felicidade é uma só. Não há plural. Mas a música ganhou vida própria", diz a neta da autora, Eliana Homem de Mello Prado, 54.

O valor arrecadado com a música de aniversário, no entanto, não é alto. Embora não revele quanto ganha, Eliana diz que o dinheiro é todo usado para custear o tratamento de saúde de sua mãe, Lorice, 84 anos, filha de Bertha. Eliana é dona de uma loja de perfumaria e cosméticos em Jacareí, no Vale do Paraíba (SP). "É impossível ir a qualquer aniversário e não me lembrar da minha avó. É sempre emocionante", diz por telefone ao UOL.

Eliana Homem de Mello Prado,
neta da compositora de "Parabéns a Você"
Reprodução/Facebook
Como a canção "Parabéns a Você" tem autoria registrada, cada vez que ela é executada publicamente, os direitos autorais têm de ser pagos ao Ecad, que repassa parte do valor ao compositor. Dentro de casa, em uma festa particular, a quantia não precisa ser recolhida. Mas é muito comum a música ser tocada em barzinhos, desbancando clássicos da voz e violão como "Se", de Djavan (9º lugar) e "Garota de Ipanema", de Tom Jobim e Vinícius de Moraes (12º lugar). 

Veja abaixo o ranking completo.

A versão original da música, "Happy Birthday to You", foi composta em 1875 nos Estados Unidos pelas irmãs Mildred e Patrícia Hill, de Louisville, no Estado do Kentucky. Em 1942, um apresentador da Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, promoveu um concurso para escolher a melhor letra em português para a canção. Bertha, que morava em Pindamonhangaba (a 145 km da capital paulista) e usou o pseudônimo Léa Magalhães, ganhou entre 5 mil inscritos.

Lorice recebe 16,66% de tudo que é arrecadado.
O restante é dividido entre a editora da música, Warner Chappel, e as herdeiras das autoras americanas.

Cantar o "Parabéns a Você" na televisão não é um bom negócio para artistas, apresentadores ou executivos das emissoras, já que o valor a ser pago ao Ecad depende do tamanho da audiência.

Portanto, para arrecadar esse valor, é comum entre artistas cantar a sua própria versão da música de aniversário.

E são inúmeros os casos.
Xuxa ("Parabéns da Xuxa"), Angélica ("Parabéns da Angélica"), Beatles ("Birthday"), Stevie Wonder ("Happy Birthday"), Elvis ("Happy Birthday Song"), Madonna ("B-Day Song"), Katy Perry ("Birthday"), apenas para citar alguns artistas de diversas áreas e estilos diferentes.

É claro que, para Eliana, a versão favorita é a composta por sua avó.
Fora essa, a outra versão de que mais gosta é uma católica, entoada todo domingo na missa das crianças na paróquia de Jacareí. "Parabéns a você, é a minha alma que diz. 

Deus te ampare e proteja e te faça feliz. Que Jesus lá do céu não esqueça de ti. E que no próximo ano estejamos aqui", dizem os versos, que, segundo a neta da compositora, foram criados por um padre da cidade há muitos anos.
"Minha avó sempre se emocionava quando ouvia 'Parabéns a Você'. Ela ficou especialmente sentida quando ouviu a versão dela sendo cantada para o papa João Paulo 2º", lembra.


As músicas mais tocadas ao vivo

1 Parabéns a Você (Lea Magalhães/Mildred Junius Welch Hill/Patty Smith Hill) 
2 Jeito Carinhoso (Allê Barbosa)
3 Maus Bocados (Gerson Gabriel/Rafael/Bruno Varajão)
4 Fui Fiel (Fabio O'Brian/Pablo/Magno Santana/Filipe Escandurras)
5 Logo Eu (Samuel Deolli/Filipe Labret)
6 Lepo Lepo (Magno Santana/Filipe Escandurras)
7 Não Tô Valendo Nada (Henrique Tavares/Juliano)
8 Vai no Cavalim (Big Big/Samy Coelho)
9 Se (Djavan)
10 Chão de Giz (Zé Ramalho)
11 Eu Te Devoro (Djavan)
12 Garota de Ipanema (Antonio Carlos Jobim/Vinícius de Moraes)
13 Domingo de Manhã (Bruno Caliman)
14 Telegrama (Zeca Baleiro)
15 Apenas Mais Uma de Amor (Lulu Santos)
16 Esperando na Janela (Raimundinho do Acordeon/Targino Gondim/Manuca Almeida)
17 Foi Daquele Jeito (Adson/Diego Monteiro/Roberto Sampaio)
18 Flor de Lis (Djavan)
19 Gostava Tanto de Você (Ed Valle)
20 Só Tem Eu (Jonas Alves/Cleber Show/Rogério Lopes/Gusttavo Lima)

Fonte: Ecad (de janeiro a setembro de 2014)

**********







quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Kiss se apresenta pela primeira vez em Brasília em abril


Fonte: G1.Globo.com
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

A banda Kiss, que se apresenta pela primeira vez em Brasília no dia 24 de abril (Foto: Kiss/Divulgação)

Banda toca ao lado do Mané Garrincha, dia 24; evento começa às 20h.

Show faz parte das comemorações pelos 40 anos do grupo de rock. (Do G1 DF).

Uma das primeiras bandas internacionais a tocar no Brasil, o Kiss desembarca pela primeira vez na capital federal no próximo dia 24 de abril. Liderado pelo baixista Gene Simmons, o grupo comemora 42 anos de carreira com show no estacionamento do Estádio Mané Garrincha, previsto para as 20h.

O evento terá abertura dos Raimundos, que comemoram 20 anos de carreira em 2015, e da banda californiana Steel Panther. A venda de ingressos começa neste sábado (24). As entradas custam a partir de R$ 160 (meia-entrada).

A formação atual da banda traz Simmons, o guitarrista e vocalista Paul Stanley, o guitarrista Tommy Thaye e o baterista Eric Singer. Desde 2014, o grupo excursiona pelo mundo com a turnê “40th Anniversary World Tour”.

Fundada em Nova York em 1973, o Kiss é considerada uma das principais bandas de rock de todos os tempos. Além da música, o banda chamou a atenção pelos recursos visuais, com as maquiagens típicas, os elementos cênicos, as fantasias, o show de luzes e a pirotecnia característicos.


O baixista Gene Simmons, o guitarrista TommyThayer 
e o vocalista Paul Stanley (Foto: AP Photo/ dpa,Britta Pedersen, File)
 



Em 18 de junho de 1983, os músicos tiveram o maior público de sua história, com cerca de 200 mil pessoas, no primeiro show da banda no Brasil. A apresentação aconteceu no estádio do Maracanã.

Ao todo, o grupo já se apresentou quatro vezes no Brasil, sendo a mais recente em 2012 – ano de lançamento do último álbum de estúdio, “Monster”. O Kiss já gravou 20 trabalhos de músicas inéditas, 7 CDs ao vivo e 14 vídeos e DVDs.
Para o show de Brasília, é esperada a execução de sucessos ao longo da carreira, como “Rock and roll all nite”, “Lick it up”, “Detroit rock city”, “I love it loud”, ‘Psicho Circus” e “Black Diamond”.

Abertura

Promovendo o mais recente trabalho, o álbum “Cantigas de roda”, os Raimundos sobem sobem ao palco para apresentar sucessos de duas décadas de estrada, como  “Nega Jurema”, Mulher de fases”, “Me lambe”, “Puteiro em João Pessoa”, “Eu quero ver o oco”, “I saw you saying (That you say that you saw)” e “Reggae do manero”. A atual formação inclui o vocalista e guitarrista Digão, o baixista Canisso, o guitarrista Marquim e o baterista Caio.

A segunda banda da noite é a Steel Panther. Na estrada desde 2000, o grupo de Los Angeles é conhecido por letras bem humoradas e pelo visual escrachado, com perucas, jaquetas de couro e calças coladas. A formação traz o vocalista Ralph Saenz, o baterista Darren Leader, o baixista Travis Haley e o guitarrista Russ Parrish.

Raimundos (Foto: Divulgação/Opinião Produtora)

Show Kiss 40th Anniversary World Tour

Local: Estacionamento do Estádio Mané Garrincha
Data: 24 de abril (sexta)
Horário: 20h00
Abertura dos portões: 18h30
Ingressos: 1º lote: R$ 160 (pista); R$ 260 (pista premium); R$ 350 (camarote)
valores de meia-entrada.
Classificação: 16 anos.






Madonna agradece a Israel por deter hacker que divulgou suas canções


Fonte e fotos: G1.Globo.com (Da EFE)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Madonna durante a música "Give me all your luvin'" (Foto: Francisco Cepeda/Divulgação/AgNews)

'Como qualquer cidadão, tenho direito a privacidade', escreveu a cantora.
Homem teria invadido sistema e divulgado versões demo de novas músicas.

 A cantora Madonna agradeceu nesta quinta-feira (22) à polícia de Israel, entre outros organismos, por sua colaboração na localização e detenção em Tel Aviv do suposto hacker que roubou várias de suas canções inéditas para vendê-las pela internet.

"Estou profundamente agradecida ao FBI, aos investigadores da polícia israelense e a todo aquele que tenha levado à detenção deste hacker", escreveu a cantora americana em seu perfil de uma rede social.

"Agradeço profundamente a meus seguidores que ajudaram com informação pertinente e aos que continuam ajudando em relação aos vazamentos da minha música. Como qualquer cidadão, tenho direito à privacidade", completou Madonna.

E apostou: "A invasão da minha vida, criativa, profissional e pessoal, continua sendo uma experiência profundamente prejudicial e devastadora, como deve sê-lo igualmente para todos os artistas que são vítimas deste tipo de delitos".

A imprensa local informou ontem da detenção de um cidadão israelense em Tel Aviv como suposto autor de atos de pirataria nos computadores de vários artistas, entre eles, Madonna.

O suspeito, morador dessa cidade e cuja identidade não foi revelada, foi detido sob a acusação de roubar temas inéditos dos músicos e depois vendê-los na internet.

A denúncia foi apresentada por um representante de Madonna, o que conduziu o FBI a uma busca em nível internacional.
A investigação levou a inteligência americana a cooperar com a unidade de delitos de informática da Polícia israelense antifraude, que finalmente deteve o suspeito.






quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Pharrell, Sam Smith e John Legend se apresentam no 57º Grammy




Fonte: G1 (São Paulo)
Foto: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação Itinerante)



Pharrell Williams em Los Angeles
(Foto: Frederick M. Brown/Getty Images/AFP)

Madonna, AC/DC e Ariana Grande também são atrações.
Cerimônia será no dia 8 de fevereiro, em Los Angeles.

Pharrell, Sam Smith, Usher, Miranda Lambert e JohnLegend se juntam a Madonna, AC/DC, Ariana Grande, Eric Church e Ed Sheeran como atrações confirmadas na cerimônia de entrega da 57ª edição do prêmio Grammy. A festa será no dia 8 de fevereiro no Staples Center de Los Angeles.
Common e John Legend vão apresentar a canção vencedora do Globo de Ouro e indicada ao Oscar, "Glory", do filme "Selma".

Grande, que aparecerá no Grammy pela primeira vez, foi indicada a dois prêmios: o de melhor atuação pop de duo ou grupo, por "Bang Bang" (junto com Jessie J e Nicki Minaj), e melhor álbum vocal pop, por "My Everything". Sheeran obteve três indicações: melhor álbum do ano e melhor álbum vocal pop, ambos por "X"; e melhor canção escrita para um meio visual, por "I See Fire".

Beyoncé, Sam Smith e Pharrell Williams, com seis indicações cada um, partem como os grandes favoritos da premiação, a mais prestigiada da indústria musical. Outros artistas com grandes chances são Church, Iggy Azalea, Beck, Drake, Jay Z, Gordon Goodwin, Miranda Lambert, Sia, Usher e Jack White, com quatro indicações cada um.


Cantor John Legend e o rapper Common levam o Globo de Ouro de melhor canção original por 'Glory', de 'Selma'. (Foto: REUTERS/Mike Blake)