JOLUSI FM RÁDIO WEB

A rádio web JOLUSI FM também está nesse endereço agora com áudio e video. Clique no "PLAY para acompanhar a programação.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Gil Luminoso

Gilberto Gil
Informações: gilbertogil.com.br / google.com.br /  letras.mus.br
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante).


Resumo
Gilberto Passos Gil Moreira, mundialmente conhecido como Gilberto Gil, é um político, cantor, compositor, multi-instrumentista, escritor, ambientalista, empresário, e intelectual brasileiro...

Nascimento: 26 de junho de 1942 (71 anos), Salvador, Bahia
Filhos: Preta Gil, Bem Gil, Isabela Gil, Pedro Gil, Nara Gil, Maria Gil, Marília Gil, José Gil

Filmes: Maria Bethânia, música é perfume, Milton Nascimento: A Sede do Peixe

Cônjuge: Flora Gil (desde 1988), Sandra Gadelha (de 1969 a 1980), Nana Caymmi (de 1967 a 1968), Belina Gil (de 1965 a 1967)

Gilberto Gil tem um papel fundamental no processo constante de modernização da Musica Popular Brasileira. Na cena há 49 anos, ele tem desenvolvido uma das mais relevantes e reconhecidas carreiras como cantor, compositor e guitarrista. 

Gilberto Gil tem tido seus álbuns lançados mundo a fora, desde 1978, o ano do sucesso de sua performance no “Montreux Jazz Festival”, na Suíça , gravado ao vivo.
Todo ano ele viaja em excursão para a Europa, Américas e Oriente com sua música contagiante, com forte tendência rítmica e riqueza melódica, em uma mistura assim como é a mistura de povos.

Ritmos do nordeste do Brasil como o baião, samba e bossa-nova foram fundamentais na sua formação. Usando essas influências como um ponto inicial, Gil formulou sua própria música, incorporando rock, reggae, funk e ritmos da Bahia, como o afoxé.


A obra musical de Gilberto Gil abrange uma ampla dimensão e variedade de ritmos e questões em suas composições, pertinentes a realidade e a modernidade; da desigualdade social às questões raciais, da cultura Africana à Oriental, da ciência à religião, entre muitos outros temas. A abrangência e profundidade nos diferentes temas de sua obra musical, são qualidades específicas deste artista, fazendo de Gilberto Gil, um dos melhores e mais importantes compositores musicais brasileiros.

A importância de Gilberto Gil na cultura de seu país vem desde os anos 60, quando ele e Caetano Veloso criaram o Tropicalismo. Radicalmente inovativo no cenário musical, o movimento assimilou a cultura pop aos gêneros nacionais; profundamente crítica nos níveis políticos e morais, o tropicalismo finalizou sendo reprimido pelo regime autoritário militar.




Gilberto Gil e Caetano Veloso foram exilados de seu país, indo para Londres.

Em Londres, Gilberto Gil gravou um album em inglês pela gravadora local PHILIPS.

Quando ele retornou ao Brasil, ele começou a series de discos antológicos nos anos setenta: "Expresso 2222", "Gil e Jorge"(com Jorge Ben Jor), " Os Doces Bárbaros" (com os baianos Caetano Veloso, Gal Costa e Maria Bethânia) e a trilogia conceitual: "Refazenda" (sobre a extração de campo), "Refavela" (com ritmos da Jamaica, Nigeria, Rio de Janeiro e Bahia), e "Realce" – este último gravado em Los Angeles, firmando sua opção pela música pop, que direcionaria o desenvolvimento de sua trajetória nos anos 80.




Nos anos 90, vieram: "Parabolicamará", "Tropicalia2" ( com Caetano Veloso, celebrando os 25 anos do movimento Tropicalista) e "Unplugged" ( a coletânea de sucessos gravado ao vivo pelo canal MTV). In 1997, Ele lançou o album duplo "Quanta" e em 1998, lançou "Quanta gente veio ver", em album duplo ao vivo, comemorando o enorme sucesso de uma tounee mundial e que ganhou o "Grammy Award" de melhor musica mundial. Em 2000, lançou o CD "Eu, Tu, Eles" e o CD "Gil & Milton" (com Milton Nascimento). Em 2001, lança o CD "São João Vivo". 

Em 2002, lança o CD e DVD "Kaya n´Gan Daya", que depois de uma tournée mundial, tornou-se em CD ao vivo. Em 2004, lançou ao vivo o CD e DVD "Eletracústico". Eletracustico foi o resultado do concerto que realizou na ONU em N.Y. "Eletracústico" veio para atender a imensa demanda do público, depois do intervalo de três anos sem gravar, desde que assumiu o cargo de Ministro da Cultura do Brasil. Alguns dos seus sucessos estão mais intensivamente marcados pelo diálogo entre a percussão acústica e eletrônica, cantando um repertório histórico de sucessos dos anos 60 até os dias de hoje, com a alegria e entusiasmo marcantes da sua voz.



Em 2006, a gravadora Biscoito Fino relança o disco com o título de “Gil Luminoso – voz e violão”, cd que foi gravado em 1999 para ser encartado no Livro “Giluminoso – A Po.Ética do Ser”, de Bené Fonteles. O livro foi uma homenagem a Gil com mais de 50 letras do compositor, fotos e um longo depoimento de Gilberto Gil. A tournée Gil Luminoso, uma das mais belas de sua carreira, passou pela Europa e Estados Unidos.

Em 2008, Gilberto Gil lançou "Banda Larga Cordel", reafirmando seu engajamento irreversível com as novas réguas e compassos do universo “bits and bytes” - tema que o tem fascinado por mais de trinta anos - onde Gil disponibiliza ao máximo seu trabalho para webcasts, podcasts, cellcasts, etc. Os shows tiveram um caloroso convite para que se fotografe e filme o que quiser o quanto quiser. Os bastidores da tour foram lançados na internet ao máximo em diversas plataformas a partir do hotsite especialmente criado.

Ainda no ano de 2009, em dezembro, foi lançado o CD/DVD BandaDois, registro do show gravado ao vivo em setembro no Teatro Bradesco em SP, sob direção de Andrucha Waddington. O show, com Gil em voz e violão, contou com as participações de Maria Rita e de seus filhos Bem (que o acompanha ha tempos nas apresentações) e o filho mais novo José, que surpreendeu o público nos números em que toca baixo.

Em abril de 2010 excursionou pelos Estados Unidos, com o projeto Concerto de Cordas, e logo após seu retorno ao Brasil, inicia a gravação de seu novo disco, “Fé na Festa”, todo dedicado ao gênero do forró, o álbum inclui parcerias com Vanessa da Mata e Nando Cordel.


Em junho de 2010 Gil excursionou o nordeste com a turnê “Fé na Festa”, durante o mês de julho, leva a Europa o mesmo show, intitulado em terras estrangeiras como: “For All”.

Com 57 álbuns lançados, Gilberto Gil ganhou 8 Grammys

Por seu engajamento sempre criativo em levar para o mundo o coração e a alma da música brasileira, Gilberto Gil tem sido contemplado por diversas entidades e personalidades e tem recebido muitos prêmios no Brasil e no exterior.

Seu talento, sua curiosidade, a firmeza de sua convicção cultural como músico e embaixador, o torna único.



2010

março turnê pelos Estados Unidos com o show "The String Concert" com Bem Gil e participação especial de Jaques Morelenbaum.

junho lançamento do CD "Fé na Festa" e turnê pelo nordeste do Brasil

julho turnê europeia com o show "Fé na Festa" (ForAll)
2009

abril Gilberto Gil recebe Título de Cidadania do Estado do Piauí

junho e julho Tournê de Verão na Europa com o show "Here and Now"

30 de junho "Gilberto Gil recebe diploma da Cidade de Milao, por ser embaixador da cultura e da consciencia critica do Brasil moderno, alma politica de seu proprio pais alem de simbolo universal de empenho social e de apoio a luta contra a miseria e a fome no mundo."
Palavras da Prefeita de Milão, Letizia Moratti

setembro gravação do DVD - BandaDois na cidade de São Paulo

novembro Gilberto Gil excursionou a Europa com
o projeto "The String Concert" com seu filho Bem e Jaques Morelembaum.

dezembro lançamento do CD/DVD "BandaDois", registro do show gravado ao vivo em setembro no Teatro
Bradesco em São Paulo, sob direção de Andrucha Waddington. O show, com Gil em voz e violão, contou com as participações de Maria Rita e de seus filhos Bem (que o acompanha há tempos nas apresentações) e o filho mais novo José, que surpreendeu o público nos números em que toca baixo.
2008

janeiro é o primeiro artista brasileiro com um canal exclusivo no YouTube

15 de maio lança o álbum "Banda Larga Cordel" pela internet

junho e julho tournê pelos Estados Unidos e Europa com o show "Banda Larga Cordel"

final de julho pede demissão do cargo de Ministro da Cultura

setembro tournê pelo Japão com o show "Banda Larga Cordel"

É indicado ao prêmio 9º Grammy Latino na categoria melhor álbum cantor compositor com o CD "Banda Larga Cordel"

17 de setembro nasce sua neta Flor, filha de Isabela, em Nova York

outubro tournê latino americana com o show "Banda Larga Cordel" (Buenos Aires, Paraguay, Uruguay)

outubro e novembroshow "Banda Larga Cordel no Rio e São Paulo


2007

julho Tournê internacional com o show "Banda Larga"

08 de agosto participa do Festival de Jazz de Marciac, França

16 de agosto show de estréia no Brasil, "Banda Larga"

dezembro indicado ao 50º Grammy com o disco "Gil Luminoso", concorrendo ao troféu de melhor álbum na categoria "world music"
2006

08 de janeiro relançamento do disco "Sol de Oslo"

fevereiro recebe o Prêmio Grammy nos Estados Unidos de melhor disco de world music pelo CD "Eletracústico"

abril lançamento da música "Ballet de Berlim", uma homenagem a Copa.

25 de maio show em Berlim, Alemanha, dando início a "Copa da Cultura"

junho e julho tournê pela Europa (shows em Bruxela, Roma, Milão, Istambul, Paris, Montreux, Córsega, Barcelona, Madri e Girona, entre outras)

agosto recebe o Título de Honra ao mérito do Afoxés Bisnetos de Gandhy, em Maceió, Alagoas

início de setembro lançamento do disco "Gil Luminoso"

            

Banda Larga Cordel (2008)
  1. Despedida De Solteira
  2. Os Pais
  3. Não Grude Não
  4. Formosa
  5. Samba De Los Angeles
  6. La Renaissance Africaine
  7. Olho Mágico
  8. Não Tenho Medo Da Morte
  9. Amor De Carnaval
  10. Gueixa No Tatame
  11. A Faca E O Queijo
  12. Outros Viram
  13. Canô
  14. Máquina De Ritmo
  15. Banda Larga Cordel
  16. O Oco Do Mundo
Banda Larga Cordel
16 Faixas Lançamento: 2008 Gravadora: Warner Music Latina

Z: 300 Anos De Zumbi (Ballet Z) (2003)


  1. Chamada
  2. Meteorum
  3. Flagelo
  4. Dança Das Mulheres
  5. Lamento Das Mulheres
  6. Dança dos Homens
  7. Dança Da Água e Da PAz
  8. Oração
  9. Réquiem
  10. Zumbi
  11. Disco Inédito
Z: 300 Anos De Zumbi (Ballet Z)
11 Faixas Lançamento: 2003

O Sol de Oslo (1998)


  1. Tatá Engenho Novo
  2. Mana
  3. 17 Na Corrente
  4. Xote
  5. Eu Te Dei Meu Ané
  6. Kaô
  7. Ciranda
  8. Rep
  9. Onde O Xaxádo Tá
  10. Língua Do Pê
  11. A Santinha Lá Da Serra
  12. Ai Baiano
  13. Bastiana
  14. Oslodum
O Sol de Oslo
14 Faixas Lançamento: 1998

Um Trem para as Estrelas (1987)


  1. Para Fazer O Sol Nascer
  2. Copacabana Funk
  3. Pagode Da Santinha
  4. Camila
  5. Milagre Na Favela
  6. A Santa Na Cruz
  7. Um Trem Para As Estrelas (Gilberto Gil e Cazuza)
  8. A Existência do Sol
  9. Romance Do Cabo Com A Santa
  10. Agonia De Drime
  11. Morte De Drime
  12. Make It Right
  13. Fox No Mercado
  14. Pra Fazer O Sol Nascer (1)
  15. Pra Fazer O Sol Nascer (2)
  16. Pra Fazer O Sol Nascer (3)
  17. Tema Do Metrô (1& 2)
  18. Morte De Drime (1)
  19. Morte De Drime (2)
  20. Pra Fazer O Sol Nascer (Tema Livre Do Quarto)
  21. Pra Fazer O Sol Nascer (Tema Topo Do Edifício)
  22. Pra Fazer O Sol Nascer (Tema Final)
  23. Vinhetas (1/15)
Um Trem para as Estrelas
23 Faixas Lançamento: 1987

Quilombo: Trilha Sonora (1984)


  1. Quilombo, O Eldorado Negro
  2. Ganga Zumba (O Poder Da Bugiganga)
  3. Chegada Em Palmares
  4. Despedida De Giangia
  5. Alujá Do Rei Xangô
  6. Zumbi ( A Felicidade Guerreira)
  7. Dandara, A flor Do Gravat
  8. Festa Do Cometa
  9. Saída Para A Guerra
  10. Tambores Esquentam
  11. Namba Dança, A Gangamorada
  12. Fuga No Canavial
  13. Oriente
  14. Cérebro Eletrônico
  15. Geléia Geral
  16. Expresso 2222
  17. Raça Humana - Inédito Cd No Brasil
Quilombo: Trilha Sonora
17 Faixas Lançamento: 1984
Realce
16 Faixas Lançamento: 1979 Gravadora: Warner

Nightingale (1979)


  1. Sarará Miolo
  2. Goodbye My Girl (No Norte Da Saudade)
  3. Ella (Ela)
  4. Here And Now (Aqui e Agora)
  5. Balafon
  6. Alapalá (The Myth Of Shango) (Babá Alapalá)
  7. Maracatu Atômico
  8. Move Along With Me
  9. Nightingale (O Rouxinol)
  10. Samba De Los Angeles
Nightingale
10 Faixas Lançamento: 1979 Gravadora: WEA
O Viramundo: ao Vivo
19 Faixas Lançamento: 1976 Gravadora: Universal

Refazenda (1975)


  1. Ela
  2. Tenho Sede
  3. Refazenda
  4. Pai E Mãe
  5. Jeca Total
  6. Essa é Pra Tocar No Rádio
  7. Ê, Povo, Ê
  8. Retiros Espirituais
  9. O Rouxinol
  10. Lamento Sertanejo (Forró Do Dominguinhos)
  11. Meditação - Remasterizado Digitalmente
Refazenda
11 Faixas Lançamento: 1975 Gravadora: Warner

Temporada de Verão: ao Vivo na Bahia (1974)


  1. Quem Nasceu - Gal Costa
  2. De Noite na Cama - Caetano Veloso
  3. O Conteúdo - Caetano Veloso
  4. Terremoto - Gilberto Gil
  5. O Relógio Quebrou - Gilberto Gil
  6. O Sonho Acabou - Gilberto Gil
  7. Cantiga do Sapo - Gilberto Gil
  8. Acontece - Gal Costa
  9. Felicidade (Felicidade Foi Embora)- Caetano Veloso
Temporada de Verão: ao Vivo na Bahia
9 Faixas Lançamento: 1974 Gravadora: Universal Music
Cidade do Salvador
25 Faixas Lançamento: 1973 Gravadora: Universal Music Brasil

Barra 69: ao Vivo na Bahia (1972)


  1. Cinema Olympia
  2. Frevo Rasgado
  3. Superbacana
  4. Madalena
  5. Atrás do Trio Elétrico
  6. Domingo no Parque
  7. Alegria, Alegria/ Hino do Esporte Clube Bahia/
Barra 69: ao Vivo na Bahia
7 Faixas Lançamento: 1972 Gravadora: Universal Music

Copacabana Mon Amour (1970)


  1. Diga a Ela (1ª Versão)
  2. Mr
  3. Blind Faith
  4. Yeh Yeh Yah Yah
  5. Tomorrow Vai Ser Bacana
  6. Diga a Ela (2ª Versão)
Copacabana Mon Amour
6 Faixas Lançamento: 1970 Gravadora: Universal Music

Louvação - 1967 (1967)


  1. Louvação
  2. Beira Mar
  3. Lunik 9
  4. Ensaio Geral
  5. Maria (me Perdoe,maria)
  6. A Rua
  7. Roda
  8. Rancho da Rosa Encarnada
  9. Viramundo
  10. Mancada
  11. Água de Meninos
  12. Procissão
  13. Minha Senhora - Bônus
  14. A Moreninha - Bônus



Fotos:
r7.com / 1.bp.blogspot.com / 377club.com / emaisgoias.com.br
msalx.bravonline.abril.com.br / paulamedeiros.files.wordpress.com wikimedia.org / uol.com.br / .warnermusic.com.br
last.fm / redetv.com.br / cmais.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário