JOLUSI FM RÁDIO WEB

A rádio web JOLUSI FM também está nesse endereço agora com áudio e video. Clique no "PLAY para ouvir a música.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Elizabeth, a Gatinha do Mato


Fontecantorasdobrasil.com.br
Fotos: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)




Elizabeth é uma cantora e compositora brasileira, integrante da Jovem Guarda. Ficou conhecida com o apelido de "Gatinha do mato". Iniciou sua carreira em 1966, quando gravou um compacto com as canções "Que Saudade Que Eu Tenho" e "Tanto Azul".

Descoberta pelo compositor João de Barro em 1966 quando se apresentava em um colégio, a cantora Elizabeth gravou nesse mesmo ano seu primeiro compacto, com as músicas "Que saudades que eu tenho" e "Tanto azul", sendo apontada como uma das revelações do ano. O primeiro LP, "A Canção Que Chegou", foi lançado no mesmo ano pela gravadora Continental, que incluía o samba "Pedro Pedreiro", de Chico Buarque e "Eu Preciso Aprender a Ser Só" (Marcos Valle / Paulo Sérgio Valle). Também compositora, em 1967 o cantor José Ricardo gravou sua música "Pelo bem maior". Em 1967 participou do Festival da MPB com a música "Balada do Vietnan" (Elizabeth / David Nasser), gravada por ela em um compacto no mesmo ano. 

Em 1969 fez enorme sucesso com a música "Sou louca por você" (Elizabeth), gravada no LP "Eu, Elizabeth". Outro grande sucesso foi "Pra Começo de Assunto (Lá lá lá lá)" (Elizabeth), gravada em 1971. 

Apesar de ter começado a carreira de cantora e compositora com uma mistura de samba, bossa-nova, sambalanço e de uma certa influência da cantora Maysa, Elizabeth acabou sendo muito associada ao movimento da Jovem-Guarda por conta de suas composições românticas. Muito bonita, durante o período em que esteve em evidência estampou diversas capas de revistas, e fez relativo sucesso no exterior, em países como México, Portugal e Angola. 

Como compositora Elizabeth foi muito gravada, inclusive por intérpretes de prestígio como Dóris Monteiro, Clara Nunes, Angela Maria, Wilson Simonal, Roberto Silva e Ciro Monteiro, além de Cláudia Barroso, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Martinha, Rosemary, Agnaldo Timóteo, Waleska e Agnaldo Rayol, dentre outros.




segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Coroada 'rainha do pífano', Zabé da Loca sai (re)conhecida de cena aos 93 anos


Texto: Mauro Ferreira
Fonte: G1.Globo.com
Fotos: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Praia do Forte, BA (da redação Itinerante)




Exímia tocadora de pífano, flauta típica da música nordestina, Isabel Marques da Silva (Buíque / PE, 12 de janeiro de 1924 – Monteiro / PB, 5 de Agosto de 2017) sai de cena na manhã de hoje, aos 93 anos, com o devido reconhecimento pelo talento de instrumentista. Vítima da doença batizada como Mal de Alzheimer, Isabel foi (re)conhecida com o nome artístico de Zabé da Loca.

Contudo, para que o som da instrumentista ecoasse além das fronteiras da Paraíba, foi preciso que Zabé saísse da loca, ou seja, da gruta cavernosa em que se abrigou por longos 25 anos com a família. Embora tenha nascido em Pernambuco, no município de Buíque (PE), foi na Paraíba, para onde migrou na adolescência, que Zabé fez fama local no manejo do pífano que aprendeu a tocar com um irmão, aos 10 anos.


(Crédito da imagem: Zabé da Loca em reprodução de vídeo da TV Globo)



Descoberta em 2003, aos 79 anos, gravou naquele ano o primeiro álbum com composições de lavra própria, Canto do semi-árido, recebido com curiosidade no universo musical brasileiro por conta da trajetória lendária da vida da artista. Quatro anos depois, em 2007, Zabé gravou o segundo disco, Bom todo, lançado em 2008, ano em que recebeu do Ministério da Cultura a Ordem do Mérito Cultural.





Independentemente do reconhecimento oficial, Zabé da Loca já tinha sido coroada pelo povo com a rainha do pífano, epíteto a que fez jus pelo toque intuitivamente virtuoso da flauta nordestina.






quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Denny Denan realiza seu primeiro show em Salvador


Texto: Enviado por Caio Coroa
Imagens: Reprodução / Arquivo
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)


Denny deixou a Timbalada em junho deste ano (Foto: Alan Tiago Alves / G1)


Para celebrar o lançamento da sua carreira solo, o cantor Denny Denan fará uma apresentação gratuita no dia 6 de agosto (domingo), a partir das 10h, no Dique do Tororó, em Salvador. Denny e sua trupe estarão a bordo de um Pranchão que permite aproximação e interação com o público. 

No repertório, clássicos da música baiana além de canções inéditas como “Dançadeira”, “Estou muito feliz, cheio de novidades e ansioso por esse encontro com o público baiano. Esse será meu primeiro show após a saída da Timbalada e é um projeto solo que resgata um antigo desejo meu de apresentar a minha pluralidade artística e musical, resultado de uma história construída com base em muito trabalho, estudo, pesquisa e aprendizado”, revela Denny. 

Serviço:

O que: "Show de Denny Denan"
Quando: domingo (06)
Onde: Dique do Tororó, em Salvador, a partir das 10h
Quanto: Evento Gratuito

  


terça-feira, 1 de agosto de 2017

DISCOS DE JULHO DE 2017 – Fafá sobressai com registro de belo show


Texto: Mauro Ferreira
Fonte: g1.globo.com
Fotos: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)


(Crédito da imagem: Fafá de Belém na gravação ao vivo do show Do tamanho certo para o meu sorriso em foto de Caio Gallucci)





OS MELHORES DISCOS DE JULHO DE 2017 – Fafá de Belém levou quase dois anos para lançar o DVD com a gravação ao vivo do show Do tamanho certo para o meu sorriso. Mas o registro cumpriu a expectativa e justificou a demora. Idealizado por Paulo Borges, o show de 2015 teve o requinte preservado no vídeo filmado sob direção de Murilo Alvesso em 11 de agosto de 2016 na cidade de São Paulo (SP).

A edição do DVD Do tamanho certo para o meu sorriso ao vivo confirmou o ótimo momento artístico da cantora paraense, em evidência também como atriz por conta da entrada em cena na novela A força do querer (TV Globo) na pele de Almerinda, cantora conhecida pelo nome artístico de Mere Star.

 







segunda-feira, 31 de julho de 2017

Paul McCartney diz que novo disco terá música para Donald Trump


Fonte: G1.Globo.com
Por: France Presse
Imagens: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)


Segundo o site Liverpool Echo, cantor não revelou se a faixa será contra ou a favor do presidente dos EUA. Paul McCartney (Foto: Joel Ryan/AP)


Paul McCartney está trabalhando em um novo disco solo. E o álbum deve incluir uma música sobre Donald Trump. Segundo o site Liverpool Echo, o cantor anunciou a novidade durante uma palestra para estudantes do Liverpool Institute of Performing Arts (LIPA).

McCartney não mencionou se a música é contra ou a favor de Trump, mas o cantor disse que “sentiu que devia escrevê-la”. “Às vezes, a situação do mundo está tão louca, que você precisa falar sobre isso”, afirmou o cantor durante a palestra.

Durante o evento, Paul também foi questionado se o grande número de plataformas musicais fazia com que fosse mais difícil de ser ouvido. “Eu não tenho certeza se é mais difícil, porque você ainda tem que ter uma boa música”, responder o cantor.




Em março, Paul falou pela primeira vez sobre o disco. “Eu estou fazendo um novo álbum, o que é muito divertido”, afirmou McCartney, que não entrou em detalhes sobre o nome do disco e ou a data de lançamento. Para o projeto, o ex-Beatle está trabalhando juntamente com Greg Kurstin, que compôs “Hello” com a cantora Adelle.






quinta-feira, 27 de julho de 2017

Prazo do saque das contas inativas é prorrogado até dezembro


TextoVictor Ribeiro
Fonteradioagencianacional.ebc.com.br
Foto: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)




Economia

Uma boa notícia para quem tem contas inativas do FGTS, mas ainda não sacou o dinheiro. O prazo, que terminaria na próxima segunda-feira, foi prorrogado até o dia 31 de dezembro do ano que vem.

A decisão está em um decreto do presidente Michel Temer, que será publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

Os saques começaram no dia 10 de maio e beneficiam quase 5 milhões de trabalhadores. As contas inativas do FGTS somam R$ 7 bilhões. Quem quiser retirar o dinheiro deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal, levando a Carteira de Trabalho.






segunda-feira, 24 de julho de 2017

Sónia Braga vence Prêmio Platino como melhor atriz


Fonte: g1.globo.com
Fotos: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)



A atriz brasileira Sónia Braga venceu recentemente o prémio Platino de Cinema Ibero-Americano na categoria melhor atriz do filme "Aquarius", tendo sido agraciada com o troféu alusivo a sua conquista, durante a cerimônia de premiação, em Madrid, capital espanhola.



O filme "Aquarius", do renomado cineasta brasileiro Kléber Mendonça Filho, estreou em março nos cinemas portugueses e deu a Sónia Braga, de 67 anos, o reconhecimento como a melhor interpretação feminina na edição deste ano dos Prémios Platino.







A Brasileira já havia recebido Prêmio de Honra em cerimônia de 2014. 

O enredo do filme destaca em detalhes a memória, a persistência e a vida na cidade.


Imagens garimpadas na internet, através do Gogle.com.br


Criado em 2013, o Prêmio Platino contempla os destaques de cada ano no cinema produzido na Ibero-América.
 



Também estavam na lista dos concorrentes, "Cartas da Guerra", do português Ivo Ferreira, e a produção luso-espanhola "A Morte de Luís XIV", de Albert Serra, mas ambos saíram de Madrid sem conquistas.

Cartas da Guerra foi indicado para três prémios: Melhor Direção Artística, de Nuno Gabriel de Mello, Melhor Fotografia, de João Ribeiro, e Melhor Direção de Som, por Ricardo Leal e Tiago Matos.

Enquanto que "A Morte de Luís XIV" estava nomeado para o prémio de Melhor Direção de Arte.












domingo, 23 de julho de 2017

Falamansa grava show em festival capixaba para gerar o DVD '20 anos'


Texto: Mauro Ferreira
Fonte: G1.Globo.com
Fotos: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)



Embora tenha surgido oficialmente em 1998 na cidade de São Paulo (SP), a banda de forró Falamansa já começa a celebrar os 20 anos de carreira com a gravação ao vivo do show que fez ontem, 22 de julho de 2017, na 17ª edição do Festival Nacional de Forró Itaúnas (Fenfit), tradicional atração do calendário artístico da cidade de Conceição da Barra, no Espírito Santo.

No roteiro deste show, que foi captado para edição de DVD e CD ao vivo, o grupo vai rebobinar músicas como Rindo à toa e Xote dos milagres, ambas de autoria de Ricardo Ramos Cruz, o Tato, mentor, vocalista, violonista e principal compositor do Falamansa. E ambas lançadas no primeiro álbum da banda, Deixa entrar (2000), disco de hits massivos que deu projeção nacional ao Falamansa há 17 anos. De lá para cá, o grupo nunca mais bisou o êxito comercial deste disco de estreia, mas continua atuante no circuito brasileiro de shows de forró.







Após a gravação ao vivo, Tato (voz e violão), Alemão (zabumba), Dezinho (triângulo e percussão) e Valdir do Acordeon (acordeom) se encontraram no Bar do Forró, nas imediações do festival capixaba, com colegas como Mestrinho, Targino Gondim e Trio Nordestino. Imagens desses encontros foram feitas para adensar o making of e os extras do DVD Falamansa 20 anos.

(Crédito da imagem: reprodução da página do Falamansa no Facebook)







quarta-feira, 19 de julho de 2017

'Despacito' é canção mais reproduzida em 'streaming' da história


Fonte: G1.Globo.com
Por: France Presse
Foto: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)


Daddy Yankee e Luis Fonsi, parceiros em 'Despacito' (Foto: Divulgação)



Hit de Luis Fonsi e Daddy Yankee alcançou 4,6 bilhões de reproduções nas plataformas de internet.





"Despacito", hit dos porto-riquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee que conquistou o mundo, foi declarado nesta quarta-feira (19) o tema mais reproduzido em "streaming" da história.

A Universal Music Latin Entertainment anunciou que "Despacito", em sua versão original e remix, alcançou 4,6 bilhões de reproduções nas plataformas de internet, entre elas YouTube e Spotify.

"Despacito" viralizou logo depois de seu lançamento em janeiro, atingindo um público ainda maior depois que a estrela do pop canadense Justin Bieber apareceu em um remix. Com isso, desbancou da liderança no ranking do "streaming" a música "Sorry", do próprio Bieber, que havia registrado 4,38 bilhões de reproduções, segundo a Universal.

 
Daddy Yankee e Luis Fonsi, parceiros em 'Despacito' (Foto: Divulgação)




Quem é a compositora filha de brasileira que ajudou a criar o fenômeno ‘Despacito’?




'Despacito' não sai da sua cabeça? Ciência explica o sucesso das músicas-chiclete




Durante dez semanas, "Despacito" foi a número um das listas de mais ouvidas nos EUA, tornando-se a primeira canção em espanhol a atingir o topo desde "Macarena", em 1996.

"O 'streaming' é um conector para públicos no mundo inteiro e ajudou minha música a alcançar todos os cantos do mundo", celebrou Fonsi, em um comunicado.

Lucian Grainge, CEO do Universal Music Group, maior indústria discográfica do mercado mundial, disse que "Despacito" é o maior sucesso de 2017.

Daddy Yankee (esquerda) e Luis Fonsi, parceiros em 'Despacito' (Foto: Divulgação)

A música também arrasou no YouTube, onde o vídeo é o quarto mais visto da história, com 2,66 bilhões de visualizações. No Spotify, era - até esta quarta-feira - a 39ª canção mais ouvida desde que a plataforma foi criada.




LEIA MAIS:

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Michael Jackson 'retorna' em animação para o Halloween


Fonte: G1.Globo.com
Foto: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)


Cena do filme 'O Halloween de Michael Jackson' (Foto: Divulgação)



Cantor morto em 2009 aos 50 anos 'retornará' em filme de animação para a televisão que será exibido nos Estados Unidos no final de outubro. Por France Presse.



Michael Jackson, morto em 2009 aos 50 anos, retornará em um filme de animação para a televisão que será exibido nos Estados Unidos no final de outubro por ocasião do Halloween, anunciaram seus herdeiros.

G1 ouviu: 2º CD póstumo de Michael Jackson é menos 'fake'

Com Michael Jackson no topo, veja lista de mortos mais rentáveis


O projeto póstumo "Michael Jackson's Halloween" ("O Halloween de Michael Jackson") será exibido pela rede CBS, que ainda negocia sua exportação para outros países.

Os herdeiros do popstar lançaram vários projetos relacionados ao astro do pop, incluindo a venda do seu famoso rancho na Califórnia, Neverland.

Dois álbuns com obras inéditas foram lançados após a sua morte súbita, mas um deles, "Michael", editado em 2010, provocou grande polêmica.






quarta-feira, 12 de julho de 2017

A RÁDIO WEB JOLUSI FM AGRADECE


Texto, edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)


FORAM 201 CURTIDAS
23 COMENTÁRIOS
E 91 VOTOS.
FALTARAM 9 VOTOS PARA A RÁDIO WEB JOLUSI FM ALCANÇAR A SUA META E SAIR DA FASE EXPERIMENTAL...
NOSSO AGRADECIMENTO AOS QUE FIZERAM A SUA PARTE.
MAS ESSE PROJETO LAMENTAVELMENTE CHEGOU AO FIM.
À TODOS O NOSSO MUITO OBRIGADO!!!
















Paralamas gravam música de rapper portuguesa no álbum 'Sinais do sim'


Texto: Mauro Ferreira
Fonte: g1.globo.com
Imagens: Reprodução
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)




Música lançada pela rapper portuguesa Capicua em álbum de 2012, Medo do medo é uma das músicas do repertório do 21º álbum do trio carioca Paralamas do Sucesso, Sinais do sim. Apesar de também conter a regravação de Cuando pase el temblor (Gustavo Cerati, 1985), sucesso da banda argentina de rock Soda Stereo revivido pelo grupo com a letra original em espanhol, o álbum Sinais do sim tem repertório majoritariamente inédito e autoral.

O primeiro single é a música-título Sinais do sim, rock-balada em midtempo de autoria de Bi Ribeiro (baixo), Herbert Vianna (voz e guitarra) e João Barone (bateria). O single chega às plataformas digitais a partir de amanhã, 13 de julho de 2017, dia do rock. Já o álbum – o primeiro gravado pelo trio com produção de Mario Caldato Jr – tem lançamento programado para 4 de agosto pela gravadora Universal Music.

Mixado pelo produtor Mario Caldato em Los Angeles (EUA) no MCJ Studios (de Caldato), sob a supervisão do baixista Bi Ribeiro, o 13º álbum de músicas inéditas dos Paralamas do Sucesso foi gravado em março na cidade do Rio de Janeiro (RJ), onde posteriormente foi masterizado por Ricardo Garcia. O carioca Duo Santoro – formado pelos irmãos gêmeos violoncelistas Paulo Santoro e Ricardo Santoro – participa do disco.


(Crédito da imagem: capa do single Sinais do sim. Paralamas do Sucesso em foto de Maurício Valladares)